registos, leituras, ecos, palavras, imagens, gestos, passos de dança e ensaios de voo...
aromas e sabores que (a)guardo carinhosamente





segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

acorda-me...

(Photo by MustafaDedeogLu on deviantART)

num jogo de luz e sombra,
ousar e timidamente recuar;
rosto enrubescido,
o corpo queima
ao toque das pontas dos teus dedos

dar, tomar, acariciar, abraçar, oferecer, revelar,
sentir, cheirar, saborear, contemplar.

obscena a natureza exclusiva do amor,
crua a atracção,
intensa e impetuosa
a voz que me acorda os sentidos
e me transforma em escrava de mim mesma.

quero-te!
apetece-me o sabor marinho
o cheiro a (a)mar
e o sorriso mel
das tuas palavras sempre doces

acorda-me...
(para que não hiberne aninhada neste sonho de ser tua)

3 comentários:

Nome : Giovenale Nino Sassi disse...

Deixo-vos uma saudação e minha amizade

Anónimo disse...

acorda... ja sao horas, amor...

brisa de praia disse...

a última estrofe está mt bonita, combinando perfeitamente com o apelo e desabafo finais. :)