registos, leituras, ecos, palavras, imagens, gestos, passos de dança e ensaios de voo...
aromas e sabores que (a)guardo carinhosamente





terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

sorrisos...


(Photo by Stortvind on deviantART)

o vento onde te invento
o nevoeiro que me abraça
a maresia que perfuma

este querer alucinante
que queima, prende, solta
impele a voar

este silêncio barulhento
onde palavras se atropelam
na tentativa de se transformarem
em gestos, afagos, murmúrios,
odores e paladares

este tempo fora do tempo
este amar fora do amar
- desusado, invulgar,
envolvente e intenso

tudo isso... somos nós

sorrisos com que
alegramos os dias
que nascem frios

3 comentários:

alma de um louco disse...

nascem frios, mas adormecem quentes - afogados em carinho...

brisa de praia disse...

as contradições da vida que são o cerne do seu mistério, e desafio.

NunoG disse...

um beijo em silêncio e com um sorriso...