registos, leituras, ecos, palavras, imagens, gestos, passos de dança e ensaios de voo...
aromas e sabores que (a)guardo carinhosamente





domingo, 23 de maio de 2010

até que a dor se esgote


(Photo on deviantART)

gotas de fel
queimam
lábios mel
onde floresciam
sorrisos
transparentes

inacreditável
a pureza de quem
ama sem esperar
a fria e cruel
insensibilidade
dos que julgam
sem ouvir

insuportável
o cansaço
de quem deseja
corrigir o incorrigível

amontoam-se
nuvens sombrias,
esconde-se o sol,
e as lágrimas formam
carreiros que sulcam o rosto...

[imparável este choro compulsivo e involuntário]

3 comentários:

NunoG disse...

o que aconteceu????????????

b ú z i o disse...

Ivy querida, qui passa?
envio-te uma brisa de bem-querer e um abraço, para que as lágrimas sequem e a dor se dissipe...
bj mt grnd!

BlackQuartzo disse...

Tristezas não pagam as dívidas da alegria.